Pare de gastar lápis e papel e veja nossas dicas para criar um evento corporativo de sucesso. Existem profissionais responsáveis por criar e gerenciar eventos que precisam, constantemente, realizar eventos memoráveis, diminuírem os custos e maximizarem o valor de um evento de sucesso. Pensando nisso, juntamos 9 dicas que vão te ajudar nesses três pilares que compõem a produção de evento.

1. Contrate profissionais da área de eventos

Tem crescido no mercado o número de profissionais focados na produção de eventos. É importante você analisar, na sua empresa, se existe a necessidade da contratação de um profissional fixo para executar essa função ou se é melhor contratar o serviço sempre que houver a necessidade. Um profissional qualificado pode ser um ponto chave para o sucesso ou a falha de um evento. Quanto mais experiente esse profissional for, quanto mais imerso nos objetivos do evento, maior a chance da realização de um evento corporativo de sucesso.

2. Não reinvente a roda

O brasileiro é altamente capaz no quesito de adaptação, inovação e fazer muito com pouco. Pensar em soluções inéditas e ações que ainda não existiam pode ser ótimo, mas, pode custar muito – tanto em questão de tempo, quanto recursos financeiros. Em muitos casos é possível adaptar soluções já existentes, com pequenos ajustes e adaptações de caso. Dessa forma, é possível economizar tempo e dinheiro. Soluções pré-existentes podem auxiliar no direcionamento da equipe envolvida com a construção do evento, possibilitando o cumprimento do calendário sem passar por imprevistos.

3. Otimizar sempre

Otimizar os processos é algo que deve ser feito constantemente. Hoje já é muito comum a utilização dos smartphones, através de aplicativos específicos para gestão de eventos, recursos e comunicação. Seja um simples grupo no WhatsApp, compartilhamento de tarefas através do Trello ou até mesmo a criação de documentos editáveis a qualquer lugar e momento como disponibilizado pelo Google Drive – o que importa é buscar sempre processos otimizados e facilitados, evitando processos engessados e difíceis de se controlar.

4. Automatização complementa a otimização

Automatização de processos podem ser o ponto chave para economia. Vamos citar um exemplo: imagina um processo de confirmação de reservas efetuadas totalmente manual. Esse processo demandaria muito tempo da pessoa responsável por fazer essa confirmação. Isso sem contar que as reservas podem acontecer, por exemplo, aos finais de semana – você, como organizador do evento, deverá calcular se é necessário colocar uma equipe trabalhando 24/7 ou pensar em uma solução automatizada – como por exemplo, através de ferramentas de e-mails, como o MailChimp ou a brasileira RD Station. Ambas realizam essa função, através da realização de certas configurações. Essa equipe que faria o trabalho manual poderá ser realocada em outras atividades que não são possíveis de serem automatizadas.

5. Engajamento Social

Aqui o comando é buscar o engajamento do público alvo e participante do seu evento. Através de ações em blogs, redes sociais, e-mails marketing, vídeos, pesquisas, enfim, existe inúmeras formas de interagir e ouvir o que seu público tem a dizer. Incentive que o processo comece de dentro da sua organização para fora. Afinal de contas, como esperar que o público final faça interações se nem os criadores do evento estão fazendo o mesmo?

Não fique atrás dos seus concorrentes, siga nossas dicas e crie verdadeiros eventos de sucesso. Quer a nossa ajuda? Entre em contato e fale com a nossa equipe.

5 dicas para criar eventos corporativos
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *